Conquista Urgente

Conquista Urgente


Resultado da busca pela categoria "renda"

Região de Conquista: Homem é executado a tiros na noite desta sexta, em Cândido Sales

Sábado | 06.05.2017 | 12h43
Autor: Vitória da Conquista Notícias


Foto: Reprodução

Homicídio no Bairro de Lagoinha: Foi morto agora nessa noite no bairro de Lagoinha a tiros, um indivíduo conhecido pela alcunha de “Nego Mouse”. O crime aconteceu próximo do Bar do Renan. O SAMU 192 foi acionado, mas os Socorristas já o encontraram sem os sinais vitais. Motivação e detalhes do crime ainda são desconhecidos.

Conta de luz continuará com bandeira vermelha em outubro

Sexta | 02.10.2015 | 09h41


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) manterá na cor vermelha a bandeira tarifária referente ao mês de outubro. Com isso, as contas de luz virão com acréscimo de R$ 4,50 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. O sistema de bandeiras tarifárias permite a cobrança de um valor extra na conta de luz, que varia de acordo com o custo de geração de energia. Esse valor adicional é indicado pelas bandeiras verde, amarela e vermelha, de forma a informar ao consumidor se ele está pagando mais caro pela energia. A bandeira verde indica condições favoráveis de geração de energia, situação que não resulta em acréscimos na tarifa. A bandeira amarela indica condições de geração menos favoráveis. Nesse caso, a tarifa sofreria acréscimo de R$ 2,50 para cada 100 kWh consumidos. Da Agência Brasil.

Clientes atuais: Armadilhas na hora de aumentar as vendas

Sábado | 26.09.2015 | 08h07


Vender mais a clientes que já compram o seu produto ou serviço é mais fácil do que vender a um novo cliente. Chega a ser 6 vezes mais fácil e mais barato do que o esforço para conquistar novos clientes. É o caminho mais fácil para aumentar as vendas, ainda mais em tempos de retração do consumo. Aumentar as vendas por meio dos clientes já existentes significa elevar a venda média por cliente. Comece esse trabalho dividindo as vendas totais pelo número de clientes que compraram seus produtos ou serviços. O resultado é exatamente a venda média por cliente, chamada também de ticket médio. Veja a seguir alguns erros comuns a serem evitados na hora de planejar o aumento da venda média por cliente na sua empresa.

1ª parcela do 13º de aposentado do INSS será paga na folha de setembro

Sexta | 04.09.2015 | 19h04


Primeira parcela será paga na folha de setembro (Foto: Rede Globo)

A primeira parcela do 13º dos aposentados e pensionsitas do INSS, que corresponde a até 50% do valor do benefício, será paga na folha de setembro. O pagamento está garantido em decreto da presidente Dilma Rousseff publicado no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira (4). Já a segunda parcela, correspondente à diferença entre o valor total do abono e o valor da parcela antecipada, será liberada na folha de novembro. O 13º salário engloba 28,2 milhões de benefícios.

Receita Federal abre terça-feira (8) consulta ao quarto lote de restituições

Sexta | 04.09.2015 | 06h37

A Receita Federal abre, na próxima terça-feira (8), a consulta ao quarto lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2015. O número de contribuintes no lote chega a 2,119 milhões. Neste lote, foram liberadas declarações dos exercícios de 2008 a 2014 que estavam retidas na malha fina. O crédito bancário será feito no dia 15 de setembro. A consulta estará disponível na  página da Receita na internet ou por meio do Receitafone, número 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones com a mesma função.



Preço do gás de cozinha terá aumento de 15% a partir desta terça-feira

Terça | 01.09.2015 | 19h02


Foto: Reprodução/RPC TV

Os preços dos botijões de gás de cozinha, para uso residencial, terá aumento médio de 15% a partir desta terça-feira (1º). A medida vale para recipientes de gás liquefeito de até 13 kg, anunciou a Petrobras nesta segunda (31). Segundo a empresa, este é o primeiro aumento do valor do produto desde 2002. Em nota divulgada na sexta (28), Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) já havia informado que haveria o aumento, mas não seu valor. De acordo com o Correio, o presidente da categoria explicou que os custos dos empresários subiu e teve que ser repassado aos consumidores. (Bahia Notícias)

Receita deposita 3º lote de restituição do IRPF

Terça | 18.08.2015 | 06h23


A Receita Federal deposita no domingo (17), na rede bancária, os valores referentes ao terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoas Física 2015. No lote, estão 1.742.112 contribuintes, totalizando mais de R$ 2,1 bilhões. Foram também liberadas declarações que estavam na malha fina dos exercícios de 2008 a 2014. A consulta ao lote está disponível desde a semana passada na página da Receita na internet ou por meio do Receitafone 146. A Receita disponibiliza ainda aplicativo para tablets e smartphones que permite a consulta às declarações do IRPF para os sistemas Android e iOS. A Receita lembra que a restituição ficará disponível durante um ano. Se o resgate não for feito no prazo, deverá ser requerido por meio do Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF, na página da Receita Federal na internet. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800 729 0001 (demais localidades) e 0800 729 0088 (telefone especial exclusivo para pessoas com deficiência auditiva) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. (Voz da Bahia)

 

Caixa financia 13º para micro, pequenas e médias empresas

Sexta | 14.08.2015 | 10h39


Banco destinou R$ 10 bilhões, com juros a partir de 1,51% ao mês e prazo de até 60 meses

Caixa Econômica Federal abriu linhas de crédito especiais para as empresas financiarem o pagamento do 13º salário de seus empregados. As operações são destinadas às empresas com faturamento fiscal anual de até R$ 150 milhões, e podem ser contratadas até 29 de fevereiro de2016. A expectativa é financiar R$ 10 bilhões no período, superando o montante de R$ 8,1 bilhões aplicado no ano passado. A CAIXA mantém a estratégia de oferecer as melhores condições do mercado, com taxa de juros a partir de 1,51% ao mês, e tem como diferencial o prazo de até 60 meses, com carência para pagamento da primeira prestação de amortização. Segundo o superintendente nacional de Negócios com Médias Empresas da CAIXA, Henrique Holtz de Almeida Junior, o pagamento do 13º salário é um desafio para as empresas. “A CAIXA está preparada para disponibilizar o suporte necessário para à manutenção do equilíbrio do fluxo de caixa dessas empresas, contribuindo para o continuo crescimento do negócio”, afirmou. Além do 13º salário, os recursos podem ser usados para pagamento de férias, impostos ou para equilibrar o fluxo de caixa e os estoques, conforme a necessidade de cada empresa. “A CAIXA oferece, aos empresários, acesso ao crédito e soluções financeiras para apoiá-los na manutenção dos empregos e geração de renda. Nosso objetivo é ter o melhor pacote de valor para as empresas, promovendo a gestão financeira”, complementou Eugênia Regina de Melo, superintendente nacional de Estratégia de Micro e Pequeno Empreendedorismo.

Cesta básica de Vitória da Conquista tem alta de 0,36% em junho em relação ao mês anterior

Quarta | 08.07.2015 | 18h15
Autor: Mirian Neto I ConquistaUrgente


Foto: Ilustração

Em junho, o valor da cesta básica de Vitória da Conquista apresentou aumento de 0,36% em relação ao mês anterior, passando a custar R$ 275,32 a compra dos 12 alimentos que compõem a cesta. Os dados divulgados são frutos da parceria entre o projeto de extensão da Uesb “Indicadores Econômicos: Cálculo da Cesta Básica Mensal de Vitória da Conquista” e a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI-BA). Neste mês, dos 12 alimentos essenciais que compõem a cesta, oito registraram variações positivas, sendo eles, o açúcar, o arroz, a banana prata, a carne bovina, o leite, a manteiga, o óleo de soja e o pão francês. Já o café moído, a farinha de mandioca, o feijão e o tomate registraram variações negativas. O estudo verificou também que, durante este mês, para a compra desses alimentos, é necessário 91 horas e 9 minutos de trabalho, além de comprometer 37, 98% do salário mínimo. (Informações UESB)

Aposentadoria: Entenda o fator previdenciário e o que pode mudar

Quarta | 17.06.2015 | 07h38
Autor: G1


A presidente Dilma Rousseff tem até quarta-feira (17) para decidir se veta ou não uma proposta aprovada pelo Congresso que altera o fator previdenciário – um cálculo utilizado para a concessão das aposentadorias. A alteração foi incluída como emenda (proposta de mudança) ao texto da MP 664, que restringe o acesso à pensão por morte, aprovada por 232 votos a favor, 210 contra e duas abstenções. Se Dilma vetar, ela precisa apresentar uma proposta alternativa ao Congresso, ou os parlamentares poderão derrubar o veto e fazer a nova regra valer.

O que é o fator previdenciário?
É uma fórmula matemática que tem o objetivo de reduzir os benefícios de quem se aposenta antes da idade mínima de 60 anos para mulheres e 65 anos para homens, e incentivar o contribuinte a trabalhar por mais tempo. Quanto menor a idade no momento da aposentadoria, maior é o redutor do benefício.

Por que foi criado?
O fator previdenciário foi criado em 1999 para conter os gastos da Previdência Social, que já ultrapassavam a arrecadação. Um estudo da Câmara dos Deputados estima que desde 2000, ano em que entrou em vigor, até o final de 2011, o fator previdenciário tenha gerado uma economia em torno de R$ 55 bilhões para os cofres do governo.

Receita libera consulta a primeiro lote de restituições nesta segunda-feira

Segunda | 08.06.2015 | 06h32
Autor: Agência Brasil


A consulta ao primeiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2015 será liberada às 9h de amanhã (8). As informações estarão disponíveis no site da Receita Federal  ou por meio do Receitafone 146. O Fisco disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphonesque permite a consulta às declarações do IRPF para os sistemas Android e iOS. Contribuintes idosos e os com moléstia grave ou deficiência física que não tenham cometido erros ou omissões na hora de enviar os dados têm prioridade. Ao todo, 1.495.850 contribuintes terão direito à restituição no lote, com correção de 1,99% pela taxa básica de juros, a Selic, totalizando mais de R$ 2,3 bilhões. Foram também incluídas restituições dos exercícios de 2008 a 2014, retiradas da malha fina, elevando para R$ 2,4 bilhões o valor total de liberações, e o número de contribuintes com direito a devoluções sobe para 1.505.928. O dinheiro estará no banco no dia 15 de junho, e a restituição ficará disponível durante um ano. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir a qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento do BB – por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (exclusivo para deficientes auditivos) – para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. Os contribuintes que têm dúvida sobre possíveis problemas na declaração devem consultar oextrato no Centro Virtual de Atendimento, na internet, para verificar eventuais pendências e acompanhar a situação perante o Fisco. Caso encontre algum tipo de divergência nos dados envidados à Receita, deve fazer a retificação para não permanecer na malha fina.  Para consultar o extrato, o contribuinte precisa ter um código de acesso gerado na própria página da Receita e, para isso, terá que informar o número de entrega das duas últimas declarações. Outra opção é ter certificado digital. Este ano, quase 28 milhões de pessoas físicas entregaram a declaração até o fim do prazo, no dia 30 de abril. Os contribuintes que não enviaram os dados estão sujeitos à multa de 1% por mês-calendário ou fração por atraso, calculada sobre o imposto devido, podendo chegar a até 20% e com valor mínimo de R$ 165,74. Além da multa, o contribuinte que não declarou, estando obrigado a fazê-lo, poderá ter problemas no CPF. Nessa situação, terá restrições de acesso a serviços bancários, como a obtenção de financiamentos, entre outras penalidades.

Valor da cesta básica conquistense no mês de maio é divulgado por projeto da UESB

Quarta | 03.06.2015 | 08h23
Autor: Mirian Neto I ConquistaUrgente


Foto: Ilustração

Segundo o estudo feito pelo projeto de extensão “Indicadores Econômicos: Cálculo da Cesta Básica Mensal de Vitória da Conquista”, no mês de maio, o valor da cesta básica em Vitória da Conquista teve aumento de 2,47%, comparado ao mês de abril. O projeto conta com a parceria da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI-BA). De acordo com os números, para comprar os 12 alimentos essenciais para a alimentação, no mês analisado, o conquistense gastou R$ 274,32. Oito dos 12 alimentos pesquisados apresentaram aumento, entre eles, o arroz, o café moído, a carne bovina, a farinha de mandioca, o leite, a manteiga, o pão francês e o tomate. Sendo este último o item que mais registrou elevação - 10,69%. Já o açúcar, a banana prata, o óleo de soja e o feijão tiveram seus preços reduzidos. O estudo ainda apontou que o trabalhador comprometeu 37,84% do salário mínimo líquido para adquirir todos os produtos da cesta básica no referido mês. (Com informações do site UESB)

 

1º lote de restituição do Imposto de Renda 2015 será pago em 15 de junho

Sexta | 17.04.2015 | 16h01
Autor: G1


O pagamento do primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2015 ocorrerá em 15 de junho. O calendário que informa as datas de liberação de cada lote foi publicado no "Diário Oficial" da União desta sexta-feira (17). A data já era prevista pela Receita Federal, mas ainda dependia de confirmação. Pelas regras, os idosos com mais de 60 anos têm prioridade no recebimento das restituições, asssim como contribuintes com alguma deficiência física ou mental, ou moléstia grave. Depois desses contribuintes, as restituições serão pagas pela ordem de entrega da declaração do Imposto de Renda, desde que o documento tenha sido enviado sem erros ou omissões. Os valores das restituições do Imposto de Renda são corrigidos pela variação dos juros básicos da economia, atualmente em 12,75% ao ano.

Policiais civis e militares terão ganhos médios de 11% a 12%

Terça | 14.04.2015 | 10h37
Autor: Correio


Foto: Reprodução

O governo do estado vai pagar, este mês, a última parcela das gratificações dos policiais civis e militares, a GAP V, que vai representar ganhos salariais entre 8,30% e 11,74% para os militares; e de 9,95% a 16,28% para os policiais civis, segundo a Secretaria de Comunicação do Estado (Secom). A medida terá impacto de R$ 112 milhões. O governador Rui Costa anunciou o pagamento no programa Digaí Governador. “Vai ser paga este mês (a GAP V), o que dá, entre 11% e 12% de variação salarial para o policial Militar e Civil”, afirmou. A progressão das gratificações vem sendo implementada desde 2012, chegando à GAP V este mês. De acordo com a Secom, a Polícia Militar teve ganhos de 80,92% nos últimos oito anos. Em 2015, a progressão das gratificações por atividade policial vai conceder ganho real dos praças (soldados, cabo, 1º sargento e subtenente) em 94,34%. Na Policia Civil, as carreiras de Investigador e Perito Criminal alcançaram, no final de 2014, índice de 91,62% e 100,81% no mesmo período. Este ano, essas funções obterão 101,68% de ganho real. Já a carreira de delegado teve ganho real de 93,69% entre 2007 e o ano passado. Em 2015, o ganho real da categoria será de 103,12%, diz o governo. Segundo o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sindpoc), Marcos Oliveira, o pagamento atende uma antiga reivindicação dos policiais baianos. Ele diz que o próximo avanço, no caso da Polícia Civil, deve ser o da reestruturação das carreiras a partir da investigação criminal. “Nosso produto é a investigação e precisamos ter melhores condições de fazer isso”, defende. Para o coordenador geral da Associação de Praças da Polícia Militar (APPM), Agnaldo Pinto, a PM precisa de um novo estatuto. “Está se discutindo a legalidade e o custo de um novo modelo”, afirmou.

Custo da energia elétrica aumenta 60% em 12 meses

Quinta | 09.04.2015 | 06h30
Autor: A Voz da Bahia


Foto: Reprodução

O custo da energia elétrica acumula inflação de 60,42% no período de 12 meses, segundo dados de março do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados ontem (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ao mesmo tempo, a inflação oficial, medida pelo IPCA, ficou em 8,13%. Em março deste ano, a energia elétrica ficou, em média, 22,08% mais cara no país, respondendo por mais da metade da inflação oficial no mês, que ficou em 1,32%. “Esse aumento leva em conta os reajustes extraordinários concedidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica [Aneel] às concessionárias. Também inclui a bandeira tarifária que, neste mês, ficou vermelha”, disse a coordenadora de Índice de Preços do IBGE, Eulina Nunes dos Santos.A bandeira tarifária é um custo extra que o consumidor precisa pagar quando as usinas termelétricas são acionadas para produzir energia. A energia produzida por essas usinas é mais cara do que a produzida pelas usinas hidrelétricas. E como as térmicas estão sendo muito usadas, a bandeira tarifária está vermelha: a mais cara. Entre as cidades e regiões metropolitanas analisadas pelo IBGE, as maiores altas na energia elétrica foram registradas em Campo Grande (34,77%) e Curitiba (32,73%). Em Recife, houve o menor reajuste: 0,65%. No Rio, a alta foi 23,34% e em São Paulo, 25,63%.